André Mendonça mandou PF investigar outdoor que compara Bolsonaro a um "pequi roído"

André Mendonça mandou PF investigar outdoor que compara Bolsonaro a um “pequi roído”
Pequi roído não tem valor

“Partiu do ministro André Mendonça (Justiça e Segurança Pública) a ordem para que a Polícia Federal abrisse inquérito que investiga um sociólogo e um microempresário por duas placas de outdoor com críticas ao presidente Jair Bolsonaro”, informa Rubens Valente, no UOL.

Uma das mensagens, instaladas em agosto numa avenida de Palmas (TO), diz que Bolsonaro vale menos que um “pequi roído”, ou seja, menos que nada.

O inquérito foi determinado pelo ministro em dezembro e aberto em 6 de janeiro último por um dos setores mais influentes da direção-geral da Polícia Federal em Brasília, a DIP (Diretoria de Inteligência Policial), por meio da sua Divisão de Contrainteligência Policial.

Quanto vale quem usa a PF para perseguição política?

Leia mais: Pois é, nada mudou da esquerda para a direita.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO