Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

André Mendonça pede desculpas por dizer que democracia não custou vidas

Em sabatina na CCJ do Senado, o indicado ao STF manifestou solidariedade às famílias das vítimas que morreram lutando em revoluções
André Mendonça pede desculpas por dizer que democracia não custou vidas
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

Após dizer na sabatina da CCJ que não houve derramamento de sangue na consolidação da democracia brasileira, o ex-ministro da Justiça André Mendonça (foto) pediu desculpas pela fala e afirmou que sua declaração não condiz com o que ele pensa.

“Eu fiz uma fala de que talvez a democracia não tivesse custado vidas. Essa fala foi feita num momento em que eu fazia referência às revoluções liberais, e tanto a nossa independência como a nossa República não tiveram como precedência ou causa uma guerra, uma guerra civil, como houve nos Estados Unidos ou houve uma luta na França. O que não significa que a construção da nossa democracia não tenha custado vidas”, afirmou.

Segundo Mendonça, vidas se perderam na luta pela construção da democracia brasileira.

“Além do meu pedido de desculpas, o meu registro do mais profundo respeito e lamento pela perda dessas vidas, pela memória. Faço um registro do meu respeito à memória dessas vidas e dessas pessoas. E faço também um registro de solidariedade, de respeito às famílias dessas vítimas. Muitos no nosso país lutaram pela democracia, e vidas se perderam para a construção da nossa democracia. E essas vidas merecem ser lembradas e merecem o nosso respeito”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....