Anistia total e irrestrita

Depois de defender o direito da ORCRIM de aprovar a anistia do caixa dois, Rodrigo Maia anistiou o abuso de poder de Geddel Vieira Lima.

Ele disse ao Estadão:

“Nós precisamos que o ministro Geddel continue no governo com a certeza de que esse papel que ele exerce foi vital na nossa vitória da PEC do Teto e vai ser fundamental na nossa vitória da reforma da Previdência”.