ANPR divulga nota contra 'ofensas' de Aras no Conselho Superior do MPF

ANPR divulga nota contra ofensas de Aras no Conselho Superior do MPF
BRASILIA, DF, 25.09.2019 - Augusto Aras, Sabatina - to Aras, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para comandar a PGR (Procuradoria Geral da República), é sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, em Brasília, nesta quarta-feira. A senadora Simone Tebet (MDB-MS) preside a sessão. - (Foto: Renato Costa/FramePhoto/Folhapress)

A Associação Nacional dos Procuradores da República acaba de divulgar uma nota de solidariedade aos membros do Conselho Superior do MPF, “alvos de ofensas” de Augusto Aras em videoconferência nesta sexta-feira (31).

“O respeito ao MPF e a manutenção do decoro em seu órgão máximo (…) devem ser observados por todos os membros da instituição e principalmente o PGR. Exatamente por isso, as falas registradas no início da noite desta sexta-feira são inaceitáveis.”

No Twitter, o procurador da força-tarefa de Curitiba Roberson Pozzobon, que divulgou a nota da ANPR, acrescentou: “Minha solidariedade aos conselheiros que tiveram até a fala cerceada hoje”.

Clique abaixo para ler a íntegra nota da associação.

Leia mais: Por que eles saem da crise ganhando
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 66 comentários
TOPO