ANPR teme corte de verbas para forças-tarefas

Por trás dos protestos de procuradores convocados para a próxima segunda (9) contra Augusto Aras está a preocupação com cortes de verbas e pessoal para as forças-tarefas.

“É preciso que elas tenham recursos suficientes. A independência vem com as condições administrativas necessárias para que o trabalho possa ser desenvolvido”, disse a O Antagonista o presidente da ANPR, Fábio George Cruz da Nóbrega.

Comentários

  • Gonçalo -

    Não é preciso apenas engavetar os processos advindos da Lava Jata para para-la. Basta lhe cortar o dinheiro, o pessoal e a estrutura que a operação necessite para levar a cabo a sua missão. Simpl

  • Reinaldo -

    Acredite Aras tudo fará para prejudicar a "Lava Jato" e todo e qualquer processo contra políticos corruptos. Fomos traídos por Bolsonaro, aliás temos sido traídos por ele, quanta decepção!

  • Massaaki -

    Podem esquecer. Mudança de foco e objetivos. Desmantelamento das Forças-tarefas, troca de cabeças, asfixiamento orçamentário-financeiro, arquivamentos de processos, perseguição, censura...

Ler 24 comentários