"Ansiedade punitiva", diz defensor público

Telegram

Na tribuna do STF, o defensor público de SP Rafael Munerato disse que a prisão em segunda instância é uma “ansiedade punitiva”.

“O que se tem, senhores ministros, ao fim e ao cabo, é que a permissão da execução antecipada da pena não é o fim da impunidade, mas sim uma verdadeira ansiedade punitiva, que é o não aguardar a definitividade e a segurança jurídica do trânsito em julgado.”

Comentários

  • Allice -

    Sou a favor da PRISÃO EM PRIMEIRA INSTÂNCIA, afinal, já houve julgamento, condenação e teve chance de defesa

  • CARLOS -

    Faço votos que sua família seja vítima.

  • Edson -

    Trânsito em julgado = NUNCA. Nos EUA a prisão já é na primeira instância

Ler 40 comentários