Impeachment: antes ela do que nós

Zé Geraldo, Valmir Prascidelli e Leo de Brito são os petistas que fazem parte do Conselho de Ética da Câmara. Pressionados por Lula e Jaques Wagner a absolver Eduardo Cunha, o trio resiste e quer condenar o peemedebista.

Não porque a ética fale mais alto, e sim porque o voto é aberto e eles não querem se queimar com os eleitores. A sessão do Senado que manteve a prisão de Delcídio Amaral os empurrou ainda mais na direção da condenação, segundo relatos feitos ao Antagonista.

Se condenarem Eduardo Cunha, o peemedebista deverá aceitar o pedido de impeachment de Dilma Rousseff. Hoje, portanto, o quadro está mais para “antes ela do que nós”.