Antes tarde do que mais tarde

A OAB de São Paulo abriu processo disciplinar contra Rodrigo Tacla Durán.

Tacla Durán, que trabalhou para a Odebrecht de 2011 a 2016, fugiu da Lava Jato. Está na Espanha, de onde tentou envolver Sérgio Moro em ilícitos, com o objetivo de detonar a operação.

O Antagonista pergunta: só agora, OAB de São Paulo?

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 19 comentários
  1. A OAB é um dos braços legais da quadrilha que instalou no Brasil o governo mais corrupto de nossa história.
    Esse grupinho deveria apenas organizar o amigo secreto dos advogados e associados no final do ano.

  2. E com a Fernanda Tórtima? A OAB vai fazer um desagravo nos moldez do que será feito ao Mariz?
    Cada vez mais vejo que a ditadura do Judiciário é a pior de todas.
    A Classe se uni a juízes e que paga a conta é o contribuinte. Procure nunca precisar destes dois, pois vai se decepcionar.

  3. E quando for publicada a delação do Funaro, a OAB/SP abrirá investigação contra o Mariz de Oliveira? Ou, além do desagravo manifestar-se-á em juízo a seu favor.