‘Antiético, imoral, indecente e ilegal!’, diz Temer de Janot

Em sua defesa, Michel Temer foi com tudo para cima do antigo ocupante da procuradoria-geral da República.

Segundo o texto dos criminalistas Eduardo Carnelós e Roberto Garcia, aprovado pelo presidente, “a obsessão de Rodrigo Janot, seu mal agir, foi antiético, imoral, indecente e ilegal!”.

Sim, com exclamação e tudo.

E as provas, é claro, foram “forjadas”.

47 comentários

  1. Requer um processo ao Mister onipotente, o mais inteligente do Brasil se não provar o que afirma. Janot não é burro como o onipotente diz. Janot só respeitou o cargo que ocupou. Ou então que se prove o contrário. Eu ainda acredito no Janot.

  2. como voce como se classifica Temer ? comprando todos para não lhe afastarem……Ético…Moral…Descente ….vai te catar ta pensando que o povo e trouxa ainda…….

  3. Receber esse xingamento todo do Temer significa que Janot estava certo quanto denunciou o Temer.
    Estaria errado se Temer tivesse tecido elogios ao Janot.

  4. Verdade verdadeira! Isso mesmo, bate sem dó nem piedade!! É tudo isso e muito +: Safado, bebum de 5a., invejoso, despeitado, baixo, rasteiro…

  5. Todis esses adjetivos se aplicam ao atual presidente; se tivesse um mínimo de decência, ética, moral, teria se afastado do cargo de presidente, maior autoridade do país e não nos afrontar com sua presença no cargo. Tem que nanter isso aí, certo.

  6. Tá para existir no universo indivíduos mais pilantras do que Temer, Aécio, Lula, Renan, Sarney, Jucá, Padilha e Moreira Franco.

  7. Eu digo que a única coisa que concordo com a esquerda é que no nosso país falta um paredão.
    O pior de tudo é que entre os antagonistas encontra-se pessoas que os transformam em heróis do povo brasileiro porque nã0 pensam com o cérebro mas com o fígado.

  8. Janot quis aparecer , ser herói brasileiro e puxar o tapete do presidente por pura inveja .

    É um borra-botas .

  9. Janot é tudo isso mesmo.
    É também um canalha petralha, cachaceiro e golpista!
    Não que o Temer seja lá essas coisas… Mas que o Janot é tudo isso e muito mais, é a pura verdade.

  10. Se não tem nada a temer, por que tanto esforço para não ser investigado? lembra-me bem Eduardo Cunha. Pare de gastar o meu dinheiro para comprar apoio dos seus comparsas no Congresso (antro de criminosos).

  11. Ético é usar dinheiro público para se manter no poder a custa de compra de votos? Temer, contra fatos não adianta espernear. O seu comparsa da J&F mostrou para o mundo inteiro que tipo de criminoso temos governando o país, juntamente com outros empresários inescrupulosos. Tudo ladrão. Basta ver o Refis.

  12. “Antiético, imoral, indecente e ilegal”, digamos todos, de Temer, de Janot, de Luladrão e sua amante Rose, de Dilmaladra Passadenada, de Maluf, de Xôzé Dirceu, de Guido Margarina, de Palocci, de Lucianinho Beenedeesse Petralha, de Barbalho, de Canalheiro, do elite Eduardo Cunha, de Jucá, de Geddel, de Sarney’s, de Aético das Neves escuras, da Bonnie e do Clyde assaltantes de aposentados, do Delcídio picareta, de Padilhas e Angorás e de todos os que não conseguimos lembrar neste momento tão f da p

  13. Temer não quer se defender. Gasta rios de dinheiro público para não ter que responder. Um Congresso totalmente tomado por quadrilhas, mafiosos em postos chave do partido, e do governo. Temer acha mesmo que somos retardados? Acomodados. Retardados, só talvez.

  14. Rocha Loures interessa tando a Temer, que sua defesa está sendo (auxiliada?) pela Advocacia geral da União. Por quê. O Governo continua o mandatário das máfias partidárias? E a droga da imprensa se recusa a fazer as perguntas certas…

  15. Temer deveria ele próprio se manifestar no Twitter, como Trump! Com exclamação e tudo! Quem sabe convenceria? O “TEM QUE MANTER ISSO, VIU!” ficará pra sempre cravado em sua testa! “Dianta” não, vampirão!

  16. Mas, de quem era MALA COM O PIXULECO, Temer? Não se age com uma quadrilha como a do PMDB com ‘fineza’. Três anos de Lava Jato e Janot fez tudo no tempo certo. Se tivesse começado a fazer desde o começo tenho minhas dúvidas de que terminaria… Vivo. Janot é o CARA. Quadrilheiro cobrando lealdade… PUTZ!

  17. Não se pode citar o nome de Janot sem que o termo “lambança” esteja a no máximo três palavras de distância.

  18. Acaso vcs tem opinião diferente mesmo depois de tudo que janot fez? Não é a toa que estão perdendo seguidores, vcs estão jogando do lado errado.

  19. O TEMER CONFESSOU O CRIME POIS A PARTIR DO MOMENTO EM QUE A DEFESA CHAMA A JBS DE TRAIDORES ELE CONFESSA QUE COMETEU O CRIME MAS QUE FOI TRAÍDO QUANDO JOESLEY BATISTA GRAVA A CONVERSA E A MALA CRIMINOSA..

  20. Eu quero ver as caras dos 3 Antas, quando o Janó for investigado e aparecerem todos os podres dele.
    Vai ser constrangedor !!!
    Aliás, por onde anda o Janó ?

  21. É, carregar malas de dinheiro na madrugada, receber empresário corrupto pela garagem da residência oficial sem registro na agenda, ter as despesas pessoais e da família pagas por doleiros, entre outras tantas falcatruas fartamente comprovadas, é ser ético, moral, decente e legal…
    Que país é este??????

  22. Na verdade essa chuva de impropérios já é um recado para Raquel Dodge, quando ela pensar em não acatar as ordens que deverão vir da presidência quando o processo estiver a pleno vapor. Isto é, “lembre-se que fui eu quem A nomeou”, usando todas as Ênclises, Mesóclises e próclises.

  23. E eu ajuntaria a todos os epítetos acima “covarde” e “incompetente”, com ou sem exclamação.

    1. Decente é um presidente viajar no avião de um bandido notório, recebe.lo no porão de madrugada, combinar pagto. de propina a ser entregue ao seu “coletor de impostos” ouvir o bandido notório, confessar compra de juiz, e responder. “Tem que manter isso viu” isso é que é um presidente decente. Toma VERGONHA!

  24. Está coberto de razão! Todo o Brasil acompanhou o que esse canalha fez!
    Em qualquer lugar do Planeta esse Janot ao lado do Marcelo Miller já estariam na cadeia!

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.