Anvisa começa votação da maconha medicinal

A diretoria colegiada da Anvisa vota nesta manhã a regulamentação da maconha medicinal no Brasil.

Primeiro a se pronunciar, o diretor Fernando Mendes votou por uma autorização sanitária específica e provisória, com prazo de validade definido e improrrogável, para os medicamentos à base de canabidiol (CBD).

Mendes votou contra o registro facilitado para remédios à base de CBD, proposta em pauta pelo fato de esses medicamentos ainda serem experimentais. E propôs uma regulação substitutiva.

Ainda faltam três votos. Renato Porto, um dos diretores, renunciou ao cargo na última sexta-feira.

 

Comentários

  • Observador777 -

    Mais um absurdo e atropelo da vontade do povo... onde está a democracia se quem detém, em tese, o poder, o povo, NÃO MANDA ABSOLUTAMENTE NADA!!!!!????

  • siqueira -

    maconheiros aplaudindo! só argumentos socioesquerdopatas que não aceitam contestação, dizem a liberação faz bem ao país!

  • Showroom -

    O resultado está escrito nas estrelas - a regulamentação será rejeitada. Essa votação é apenas um protocolo para legitimar o atraso.

Ler 6 comentários