Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Anvisa impõe "sigilo empresarial" a reunião com lobistas da Covaxin

Em 5 de março, representantes da ABCVAC tiveram um encontro com Meiruze Souza Freitas, diretora da agência reguladora brasileira
Anvisa impõe “sigilo empresarial” a reunião com lobistas da Covaxin
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Anvisa decretou “sigilo empresarial”, sem prazo, à gravação de uma reunião da diretora Meiruze Souza Freitas com representantes da Associação Brasileira de Clínicas de Vacina, a ABCVAC, em 5 de março, diz a Crusoé.

A entidade assinou um acordo com a Precisa Medicamentos para comercializar 5 milhões de doses da vacina indiana Covaxin, produzida pelo laboratório Bharat Biotech. Algumas clínicas privadas chegaram a pagar por vacinas que nunca foram entregues pela Precisa, que embolsou 9,5 milhões de reais com os pagamentos adiantados.”

“As gravações de reunião são consideradas sigilosas”, diz um despacho da Anvisa enviado a Crusoé.

Leia mais aqui.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO