Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Anvisa suspende pedido do Ministério da Saúde para importar Covaxin

Agência levou em conta possibilidade de documentos falsos terem sido apresentados pela Precisa
Anvisa suspende pedido do Ministério da Saúde para importar Covaxin
Foto: Divulgação

A Diretoria Colegiada da Anvisa suspendeu nesta terça (27) a autorização excepcional e temporária para importação e distribuição da Covaxin, solicitada pelo Ministério da Saúde.

A importação, com várias condicionantes, foi aprovada em 4 de junho.

“A medida prevalece até que sobrevenham novas informações que permitam concluir pela segurança jurídica e técnica da manutenção da deliberação que autorizou a importação”, disse a Anvisa em nota.

“A decisão levou em conta ainda notícias de que documentos ilegítimos podem ter sido juntados ao processo de importação, o que pode impactar as conclusões quanto aos aspectos de qualidade, segurança e eficácia da vacina a ser utilizada na população nacional”, acrescentou a agência.

Na sexta passada (23), a empresa indiana Bharat Biotech afirmou ter rompido seu acordo com a Precisa para representar a Covaxin no Brasil.

Ontem (26), a Anvisa cancelou o ensaio clínico da Covaxin no Brasil, que não chegou a começar.

A Anvisa também já encerrou o pedido para uso emergencial da Covaxin, feito no Brasil pela Precisa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO