Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ao citar Afeganistão, Bolsonaro exclui muçulmanos

"Concederemos visto humanitário para cristãos, mulheres, crianças e juízes afegãos"
Ao citar Afeganistão, Bolsonaro exclui muçulmanos
Reprodução/ONU/YouTube

O presidente Bolsonaro disse nesta terça (21) à ONU que o futuro do Afeganistão causa apreensão, mas não citou a população muçulmana.

“O futuro do Afeganistão também nos causa profunda apreensão. Concederemos visto humanitário para cristãos, mulheres, crianças e juízes afegãos. Nesses 20 anos dos atentados contra os Estados Unidos da América, em 11 de setembro de 2001, reitero nosso repúdio ao terrorismo em toda as suas formas. Em 2022, voltaremos a ocupar uma cadeira no Conselho de Segurança da ONU”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO