Ao menos 64 jornalistas foram mortos desde 1995 por exercerem a profissão

O Conselho Nacional do Ministério Público lançará na semana que vem um estudo que mostra como andam as investigações relacionadas a 64 homicídios de jornalistas entre 1995 e 2018 no Brasil, pelo fato de exercerem a profissão.

O relatório “Violência contra comunicadores no Brasil: um retrato da apuração nos últimos 20 anos” será lançado no dia 30, em comemoração ao Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, celebrado em 3 de maio.

O documento é produzido pela Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), comandada pelo vice-procurador-geral da República, Luciano Nunes Maia.

Comentários

  • Goreba -

    O Antagonista sabe quantos BRASILEIROS são assassinados por DIA??? 140, isso mesmo, cento e quarenta homicídios por dia! Querem continuar com essa bobagem de comunicador morto???

  • Cleide -

    Morrem policiais por exercerem a profissão; morrem trabalhadores da construção civil por exercerem a profissão; quase morreu um candidato à presidência por exercer sua profissão.

  • Brutus -

    Quantos jornalistas foram assassinados durante a vigência do estatuto do desarmamento?

Ler 16 comentários