ACESSE

Ao STF, defesa lembra que, mesmo preso, Lula foi ao enterro da mãe, em 1980

Telegram

No pedido ao STF para que Lula fosse autorizado a deixar a prisão e comparecer ao velório de Vavá, os advogados argumentaram que o ex-presidente não pode ser prejudicado pelos problemas apontados pela Polícia Federal para sua locomoção, “uma vez que há previsão para o deslocamento na Lei de Execuções Penais”.

Os advogados alegaram que, mesmo preso durante a ditadura militar, Lula teve autorização para comparecer ao velório da mãe, em 1980 — uma foto de Lula no enterro foi anexada ao pedido.

Na manifestação ao STF, a defesa reconhece, ainda, a “natureza íntima” do velório do irmão do petista, que está preso em Curitiba.

Colapso na Venezuela... E o PT ainda apoia Maduro. Confira agora

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 64 comentários