ACESSE

Ao vivo: Paulo Bernardo livra Lula e responsabiliza técnicos por empréstimo de 1 bi a Angola

Telegram

Paulo Bernardo jogou no colo dos técnicos do BNDES e da Camex a responsabilidade pelo aumento da linha de crédito para a Odebrecht em Angola.

“Queriam implicar o presidente Lula porque ele assinou um memorando de entendimento. O Marcelo Odebrecht, com certeza, quis entrar nessa coisa e dizer que tinha a ver com Lula. Os empréstimos foram todos feitos com suporte técnico, suporte na assessoria técnica do BNDES. Foi passado pela Cofig, que é um órgão técnico com membros de cinco secretarias nacionais de vários ministérios e depois foram aprovados pela Camex. Nesse empréstimo que foi mencionado, esse lote de 1 bilhão de dólares, foi uma reunião da Camex em que eu não estava presente.”

Acompanhe conosco a oitiva de Paulo Bernardo na CPI do BNDES:

Exclusivo: a PF já sabe que o hacker Vermelho usou "ajudante" para tentar vender mensagens roubadas da Lava Jato. CONFIRA

Comentários

  • Jose -

    Essa é a razão para abrir a Caixa Preta do BNDES. Empregados foram cooptados/intimidados e “torturaram” os critérios técnicos, ou os próprios critérios são falhos? Acredito mais na 1a alternativa.

  • Antônio -

    Canalhada! Esse COFIG era composto por funcionários alinhados com a cúpula do PT. Suas decisões eram pro forma. Aprovavam o que Lula e o PT queriam.

  • Evandro -

    Jogou a bomba no colo de "técnicos" o BNDES. Eu gostaria de saber agora a reação desses mesmos técnicos que demonstraram insatisfação com a intervenção do PR na direção do banco.Vão assumir pelo Lula?

Ler 171 comentários