Apesar de Gilmar, ex-secretário de Cabral permanece em cana

Como registramos há pouco, Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a Wilson Carlos, ex-secretário e amigo de infância de Sergio Cabral.

A decisão, porém, não tem efeito prático. Ainda pensam contra Carlos duas prisões, uma do TJ-RJ e outra do TRF-4.

Joice Hasselmann: ela quer ser a capitã do novo governo. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 93 comentários
  1. O problema é que mesmo não sabendo qdo seria cabível, perdemos a credibilidade neste instituição. O próximo pres. do senado TEM que colocar os pedidos de impeachment dos ministros em pauta. Reno

  2. Todos (até os cachorros das ruas) sabem que os meliantes do stf cometeram muitos crimes, a venda de sentenças sempre foi assunto velado, mas de conhecimento geral. Se a polícia investigar vai acha

  3. Calma gente! Uma sexta feira por vez! Tem ainda o dia 14 e o dia 21. Com certeza WC passará o natal em casa. Gilmar não decepciona e, tanto ele, quanto o STF são DEONTOLOGICAMENTE QUESTIONÁVEIS!

    1. Ao contrário do beiçola, outros juízes leram TODOS os processos do meliante. Difícil não sentir vergonha de tanta incomPTência!!!!

    2. Agradar Rosa ? O escritório da Consorte deixou de faturar, e ELE este mes não vai receber sua MESADA de 100 mil. kkk Ai que inveja do Toffoli.

  4. Porque Gilmar resolveu proteger todos os cirruptos e desmoralizar a justiça e esculhambar com a nação ? Porque ? Alguem consegue saber os porques ele quer destruir a sociedade ! Porque ?

    1. Simples. Vendeu a alma ao diabo e a cobrança veio toda de uma só vez. Não tem como negar proteção às camarilhas as quais se vendeu. Pior é que não é somente ele nessa situação no STF.