Apontado como operador de Jaques Wagner é amigo do petista desde os tempos de sindicato

Telegram

Carlos Eduardo Nascimento Daltro, apontado como operador financeiro de Jaques Wagner no esquemão da Torre Pituba, sede da Petrobras em Salvador, já foi delatado em outras ocasiões.

Daltro é amigo do hoje senador petista desde os tempos de sindicato no Pólo Petroquímico de Camaçari.

Em 2017, executivos da Odebrecht o citaram em delações como o responsável por ajudar a montar uma sistemática de pagamentos de caixa dois e propina para o grupo político do ex-governador da Bahia.

Exclusivo: pistas sobre o assassinato que assombra o PT. CONFIRA

No ano passado, Daltro voltou a ser apontado com operador de Jaques nas investigações da Operação Cartão Vermelho, que investigava superfaturamento na obra do estádio da Fonte Nova. À época, notícias de blogs locais deram conta de que o empresário estava sendo pressionado pela família para delatar.

O atual governador da Bahia, Rui Costa, sempre saiu em defesa de Jaques Wagner.

Comentários

  • PAULO -

    O PT, do grande CHEFE da QUADRILHA conhecido pela alcunha de LULA, assaltou o Brasil desde o início dos anos 1.980. O salafrario do LULA já levava "bola" do Emílio Odebrecht pra simular greve. Eita!

  • Gilberto -

    Impressionante como isso nunca vai terminar, e muito esquema espalhado pelo pais, nao e a toa que o pais quebrou, roubaram demais e em todos os lugares. O STF fica se fazendo de morto e nao faz nada

  • mara -

    Bandido defende bandido , assim age organização criminosa petista . Todos na mesma panela da roubalheira. Bando de C R E T I N O S q assaltaram os cofres públicos.

Ler 22 comentários