Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Após ameaças de Braga Netto, Rodrigo Pacheco diz: “Eleições vão acontecer. Isso é inegociável”

O titular da Defesa teria condicionado o pleito de 2022 à aprovação do voto impresso
Após ameaças de Braga Netto, Rodrigo Pacheco diz: “Eleições vão acontecer. Isso é inegociável”
Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), foi ao Twitter rebater as supostas ameaças do ministro da Defesa, Braga Netto, em relação às eleições de 2022.

Hoje, o Estadão revelou que o ministro da Defesa teria dito ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que, sem voto impresso, o pleito será anulado.

Pacheco, por sua vez, afirmou:

“Decisões sobre o sistema político-eleitoral, formas de financiamento de campanhas, voto eletrônico ou impresso, entre outros temas, cabem ao Congresso Nacional, a partir do debate próprio do processo legislativo e com respeito às divergências e à vontade da maioria”, disse o presidente do Senado.

“Seja qual for o modelo, a realização de eleições periódicas, inclusive em 2022, não está em discussão. Isso é inegociável. Elas irão acontecer, pois são a expressão mais pura da soberania do povo. Sem elas não há democracia e o país não admite retrocessos”, concluiu.

Mais notícias
TOPO