Após apoiar Covas, Marta Suplicy pede desfiliação do Solidariedade

Depois de anunciar apoio à reeleição do prefeito Bruno Covas, a ex-senadora Marta Suplicy solicitou neste domingo a desfiliação do Solidariedade.

“Comunico meu requerimento aos senhores, bem como ao juízo eleitoral competente, da minha desfiliação deste partido, em caráter irrevogável e irretratável, por motivos políticos que já se tornaram públicos e amplamente divulgados”, disse em nota endereçada ao presidente nacional do partido, Paulinho da Força, e ao presidente municipal da sigla, Pedro Nepomuceno.

Como publicamos, a convenção do partido oficializou neste domingo a coligação com o ex-governador Márcio França, candidato do PSB à Prefeitura de São Paulo.

No evento, líderes discutiram a possibilidade de expulsão de Marta do partido em razão de seu apoio à reeleição de Covas.

Leia mais: EXCLUSIVO: em vídeo, Marcelo Odebrecht explica o esforço da companhia para contar com os préstimos do “amigo do amigo de meu pai” -- como Toffoli era conhecido na empreiteira
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO