Após bate-boca no WhatsApp, bancada do PSL marca reunião com Bolsonaro

Telegram

Após o bate-boca no grupo de WhatsApp do PSL sobre protagonismo no partido, os eleitos da legenda vão se reunir com Jair Bolsonaro nesta quarta (12), em Brasília, informa o Estadão.

As disputas recentes devem entrar no debate do encontro, embora não tenham sido o motivo da agenda, segundo o deputado Delegado Waldir (GO), vice-líder da sigla na Câmara.

“Eu convoquei os eleitos bem antes disso. E também não há nada demais nas conversas, os debates são normais”, declarou Waldir.

Comentários

  • Daniel -

    Ainda vão esperar quarta-feira que vem? Até lá, uma tsunami política pode acontecer com esses dois, Joice e Eduardo. Essa reunião deveria ter sido feita ontem

  • Dias -

    Que povo estressado!!! Nessa fase, são normais as querelas entre membros do partido e integrantes da base de apoio. Isso não é motivo para desespero. O importante é a força de comando do chefe.

  • Odorico -

    Baixa a bola Joice que além de não ser dona do partido teve metade dos votos do Eduardo

Ler 41 comentários