ACESSE

Após crítica de Gilmar Mendes, militares pressionam para Pazuello pedir reserva

Telegram

A fala de Gilmar Mendes sobre o Exército se associar a um “genocídio” , por causa da condução do Ministério da Saúde durante a pandemia, repercute no governo, informa Andréia Sadi.

Militares voltaram a pressionar Eduardo Pazuello a pedir reserva no Exército, seguindo o movimento feito por Luiz Eduardo Ramos no começo do mês.

Trata-se de uma tentativa dos generais da ativa de tentarem se descolar da imagem de embaralhamento entre Exército e política.

Segundo aliados de Jair Bolsonaro, Pazuello já havia sinalizado que iria para a reserva no fim do mês.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Nando -

    Gilmar conseguiu consolidar os militares em peso .... contra o judiciário e o congresso . Obrigado Gilmar mendes

  • Luis -

    E qual diferença isso fará? O General nada sabe sobre saúde, e continuará sem saber após ser reformado.

  • PAULO -

    Não adianta, esses milicos já tomaram o gosto pelo poder, além do que ganham dobrado, oficialmente é claro. Depois da ditadura agora as FFAAS vem acabar o serviço com esse genocídio.

Ler 90 comentários