Após dois anos, PF prende empresário do caso do TRT-SP

Na Folha, o blog de Frederico Vasconcelos registra que a PF prendeu hoje o empresário José Eduardo Ferraz, foragido havia quase dois anos.

Ferraz foi condenado como cúmplice do ex-senador Luiz Estevão no desvio de recursos da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo.

Escreve Vasconcelos: “Graças a uma série de manobras e chicanas, Ferraz era o único dos envolvidos no esquema denunciado pela Procuradoria da República em São Paulo em 2000 que não havia sido preso.

Havia dois mandados de prisão contra o empresário –um determinado pelo Superior Tribunal de Justiça e o segundo pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 9 comentários
    1. Alguém pode me explicar que treta é essa que me censura toda x que me refiro ao Brasil, recebi até notificação da Daniela!

    1. Segundo a mídia, José Eduardo Ferraz é hoje motorista particular que atende chamadas em um aplicativo… Você engole essa? O empreiteiro foragido, acusado de desviar milhões e de fazer enumeras manobras processuais para não ser preso é hoje pobre? Tipo, gastou todo dinheiro com advogado e continuou morando em SP!