Após fala de Bolsonaro, entidades médicas lançam manifesto pelo uso de máscara

Após fala de Bolsonaro, entidades médicas lançam manifesto pelo uso de máscara
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em meio ao pior momento da pandemia, 46 entidades médicas lançaram neste domingo um manifesto para reforçar a necessidade do uso de máscaras no combate à Covid-19.

A nota foi divulgada três dias depois de Jair Bolsonaro questionar o uso do acessório.

Direcionamentos contrários (ao uso das máscaras) desconstroem, confundem e agravam a situação do país”, afirmaram as entidades.

Máscaras são instrumentos eficazes para a redução da transmissão de vírus respiratórios e são preconizadas na atual pandemia para uso, não apenas por profissionais da saúde no cuidado de indivíduos com suspeita ou diagnóstico de COVID-19, mas por todos. O uso correto da máscara é a ação pessoal com efeito coletivo fundamental para diminuir a circulação do vírus da COVID-19 que assola o país neste momento.”

Assinam a nota entidades como a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, Associação Brasileira de Alergia e Imunologia, a Faculdade de Medicina de Botucatu / Unesp e outras.

Em sua live na última quinta-feira, o presidente afirmou, sem apresentar nenhuma prova, que começaram a aparecer “efeitos colaterais” do uso de máscaras na proteção contra a Covid-19.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO