ACESSE

Após recesso, Câmara intensifica análise de medidas provisórias

Telegram

Após uma uma semana de folga, os deputados voltam hoje ao Plenário da Câmara para avançar com a tramitação de medidas provisórias.

Ao todo, sete MPs estão pautadas para hoje. Uma delas é a MP 948, que dispensa prestadores de serviço de reembolsar imediatamente os valores pagos pelos consumidores por reservas, eventos, shows e espetáculos cancelados.

Outra medida provisória, a 946, autoriza o saque das contas do FGTS e extingue o fundo PIS-Pasep, incorporando os recursos ao FGTS.

As votações marcam o fim de um período de seis dias sem votações na Câmara.

Como mostramos, Rodrigo Maia negociou com líderes partidários uma semana sem sessões plenárias após a aprovação da PEC do Fundeb. Nesse tempo, deputados e senadores se dedicaram às suas bases eleitorais, para focar nas eleições municipais.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 2 comentários