Após reunião com governadores, Bolsonaro anuncia sanção do socorro a estados e municípios com veto a reajustes de servidores

Jair Bolsonaro, antes de finalizar a transmissão da reunião com governadores, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, anunciou que a sanção do pacote de socorro financeiro a estados e municípios deverá ocorrer ainda hoje.

“O governo federal, se Deus quiser, sancionará hoje mesmo esse projeto, com vetos, os quais, segundo o nosso entendimento e, com toda a certeza, da maioria ou a totalidade dos governadores, devem ser mantidos. Isso é bom para todos nós.”

O presidente confirmou, portanto, o veto aos trechos que possibilitavam o reajuste salarial de servidores públicos durante a pandemia da Covid-19 para diversas categorias.

Na Câmara, com orientação do próprio Bolsonaro — segundo relato do líder do governo, deputado Vitor Hugo –, a bancada do governo ajudou a ampliar o leque de categorias que poderiam receber reajustes nos próximos meses.

Paulo Guedes, claro, chiou e, há pouco, após rápida reunião com governadores transmitida ao vivo, o presidente anunciou vetos àquilo que ajudou a aprovar no Parlamento.

Leia também: JORNALISMO DE VERDADE NÃO É PARA AGRADAR AOS PODEROSOS
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO