Após vídeo, Embaixada da China fala em ‘parceria estratégica’ com Brasil

Horas depois da divulgação do vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril, a Embaixada da China destacou a parceria comercial entre o país asiático e o Brasil.

“A China e o Brasil são parceiros estratégicos globais. Ao longo dos 46 anos desde o estabelecimento de relações diplomáticas, as cooperações sino-brasileiras têm alcançado resultados abrangentes em um ritmo acelerado”, diz nota da embaixada.

As menções à China e ao Paraguai foram vetadas pelo ministro Celso de Mello e suprimidas do arquivo divulgado nesta sexta-feira.

Na nota da embaixada, não há menções explícitas à reunião.

Leia também: Bolsonaro mandou investigar Witzel?
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO