Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aprovação de reformas compensaria furo do teto, diz Guedes

Ao lado de Bolsonaro, o ministro da Economia cobrou do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, o andamento da agenda de reformas do governo
Aprovação de reformas compensaria furo do teto, diz Guedes
Foto: Washington Costa - ASCOM/ME

Em entrevista coletiva neste domingo, o ministro Paulo Guedes voltou a defender a gambiarra fiscal para bancar o Auxílio Brasil no valor de R$ 400.

Ao lado do presidente Jair Bolsonaro, Guedes afirmou que a aprovação de reformas como a administrativa e a do Imposto de Renda compensariam o estouro do teto. Ele ainda cobrou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, para dar andamento às propostas do governo.

Se ele [Pacheco] quiser se viabilizar como uma alternativa séria, ele precisa ajudar nosso governo a fazer as reformas”, disse.

Ele [Bolsonaro] está pedindo exatamente isso. Como é que a gente resolve esse problema? Aí a economia está dizendo para ele: ‘presidente, vamos avançando com as reformas, se fizermos a administrativa, nós economizamos R$ 300 bilhões’. Então qualquer pessoa séria no Brasil vai entender. ‘Olha, eles realmente empurraram um pouquinho mais aqui o teto, mas em compensação, gastaram 30 e economizaram 300. Então eles estão fazendo o dever de casa.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO