“Aquele vídeo é uma monstruosidade”, diz filha de João Alberto

“Aquele vídeo é uma monstruosidade”, diz filha de João Alberto
Foto: Reprodução

A filha mais velha de João Alberto Silveira Freitas, o homem espancado por seguranças até a morte no Carrefour em Porto Alegre, disse que soube da morte do pai na madrugada de sexta-feira.

Thais Freitas, que tem 22 anos, afirmou que começou a receber os vídeos da agressão logo depois de ser avisada sobre a morte do pai.

“Aquele vídeo é uma monstruosidade, ele poderia ter sido imobilizado e esperar a polícia chegar. O serviço deles não é matar”, afirmou, segundo O Globo.

“Nossa sociedade é racista e eu já sofri racismo, como apelidos, por exemplo. As pessoas ficam nos olhando diferente no shopping. Só a cor da pele é diferente, mas somos todos iguais.”

Leia mais: A revista que fiscaliza TODOS os poderes e conta com os melhores colunistas do Brasil.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 35 comentários
TOPO