Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aras abriu 'número recorde' de investigações preliminares contra presidente, diz PGR

Manifestação enviada ao STF pelo vice-PGR Humberto Jacques evita mencionar o total de denúncias oferecidas por Augusto Aras contra Jair Bolsonaro (zero)
Aras abriu número recorde de investigações preliminares contra presidente, diz PGR
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em manifestação enviada ao STF, a PGR afirmou que o atual procurador-geral da República, Augusto Aras, instaurou “número recorde de investigações preliminares” contra um presidente da República comparativamente aos seus antecessores no cargo, relata O Globo.

Redigida pelo vice-PGR Humberto Jacques, a manifestação foi encaminhada ao Supremo para rebater uma ação apresentada por senadores que acusam Aras do crime de prevaricação por não adotar medidas contra o governo de Jair Bolsonaro.

Jacques, porém, não comparou os pedidos de abertura de inquéritos e as denúncias apresentadas por seus antecessores contra presidentes.

O jornal carioca lembra que Rodrigo Janot, PGR de 2013 a 2017, denunciou Michel Temer duas vezes ao STF. Sua sucessora, Raquel Dodge (2017-2019), foi indicada por Temer ao cargo, mas mesmo assim denunciou o emedebista sob acusação de corrupção.

Aras, no cargo desde 2019, pediu duas aberturas de inquérito contra Bolsonaro, mas nunca apresentou nenhuma denúncia contra o atual presidente. O PGR já disse que não vê crime na conduta do chefe do Executivo diante da Covid e, cobrado para se posicionar diante dos ataques às eleições e aos ministros do STF, não tomou ações concretas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO