Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aras dá 5 dias para governador do RJ prestar informações sobre chacina no Jacarezinho

Aras dá 5 dias para governador do RJ prestar informações sobre chacina no Jacarezinho
Foto: Pedro França/Agência Senado

O procurador-geral da República, Augusto Aras, abriu hoje uma apuração preliminar sobre a operação da Polícia Civil, ontem no Rio, que deixou 25 mortos na favela do Jacarezinho. Ele deu ao governador Cláudio Castro 5 dias para prestar informações sobre o caso.

Ele também pediu esclarecimentos sobre as circunstâncias da operação à própria Polícia Civil, à Polícia Militar, ao chefe do Ministério Público do RJ, Luciano Mattos (responsável pela fiscalização da atividade policial no estado) bem como ao Tribunal de Justiça e à Defensoria Pública.

Ele mencionou a possibilidade de responsabilização de quem participou da operação, em razão de uma decisão do ano passado do Supremo que proibiu as incursões, exceto em situações excepcionais e devidamente justificadas.

“Desde que teve conhecimento dos fatos noticiados pela imprensa, na quinta-feira (6), Augusto Aras tem mantido contatos com o ministro Edson Fachin, relator da ADPF 635, com o procurador-geral de Justiça Luciano Mattos e com o governador do Rio de Janeiro, em conjunto com a assessoria criminal do Gabinete do PGR”, informou em nota a Procuradoria-Geral da República.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO