ACESSE

Aras diz estar 'realizado' na PGR e que lhe causa "desconforto" ser citado para o STF

Telegram

Augusto Aras divulgou nota para dizer que está realizado no cargo e que lhe causa “desconforto” ter o nome mencionado para vaga no Supremo.

“Conquanto seja uma honra ser membro dessa excelsa Corte, o PGR sente-se realizado em ter atingido o ápice de sua instituição”, diz a nota.

“O PGR considerar-se-á realizado se chegar ao final do seu mandato tão somente cônscio de haver cumprido o seu dever.”

Leia a íntegra:

“O  procurador-geral da República, Augusto Aras, manifesta seu desconforto com a veiculação reiterada de seu nome para ocupar uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Conquanto seja uma honra ser membro dessa excelsa Corte, o PGR sente-se realizado em ter atingido o ápice de sua instituição, que também exerce importante posição na estrutura do Estado.

Ao aceitar a nomeação para a chefia da Procuradoria-Geral da República, não teve o atual PGR outro propósito senão o de melhor servir à Pátria, inovar e ampliar a proteção do Ministério Público Federal e oferecer combate intransigente ao crime organizado e a atos de improbidade que causam desumana e injusta miséria ao nosso povo.

O PGR considerar-se-á realizado se chegar ao final do seu mandato tão somente cônscio de haver cumprido o seu dever.

Augusto Aras

Procurador-geral da República

Leia também: Bolsonaro e a prisão de Toffoli e Alexandre de Moraes

Comentários

  • Sonia -

    NÃO É O QUE ESTÁ PARECENDO

  • LUCIA -

    Admitiu que não ganhará a sonhada vaga no STF. Hahahahah!!

  • Luiz -

    Continue assim e será empossado.

Ler 104 comentários