Aras endossa arquivamento de investigações sobre André Esteves

Aras endossa arquivamento de investigações sobre André Esteves
Foto: Divulgação/MPF

Augusto Aras enviou a Gilmar Mendes manifestação favorável ao arquivamento, determinado pelo ministro em dezembro, de duas investigações sobre André Esteves.

Como mostramos ontem, a subprocuradora-geral Lindôra Araújo havia recorrido da decisão. Gilmar, então, intimou Aras a esclarecer a contradição, uma vez que, em agosto, ele havia concordado com a suspensão dos inquéritos.

Esteves era investigado por supostos pagamentos de propina, durante o governo Lula, para beneficiar o BTG. Gilmar arquivou o caso por entender que as investigações estavam baseadas somente na delação de Antonio Palocci fechada com a Polícia Federal.

No parecer enviado a Gilmar, Aras reiterou que o acordo foi rejeitado pelo Ministério Público Federal.

“As investigações perduraram por mais de quatro anos sem que tivessem sido alcançados elementos de prova sufcientes à formação da opinio delicti e, em consequência, da formalização de denúncia”, escreveu o procurador-geral.

Leia mais: Crusoé expõe o que está na mesa de negociações pela sucessão na Câmara e no Senado, entre elas a liberação bilionária de emendas, oferta de ministérios, promessas de implosão da Lava Jato, entre outras
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO