Aras rejeita pedido de Moro para incluir Abin no inquérito sobre Bolsonaro

Aras rejeita pedido de Moro para incluir Abin no inquérito sobre Bolsonaro
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Augusto Aras rejeitou pedido de Sergio Moro para que Alexandre Ramagem, da Abin, fosse novamente ouvido no inquérito sobre a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

O procurador-geral afirmou que o caso envolvendo a produção de relatórios para a defesa de Flávio Bolsonaro — cujos advogados se reuniram no Palácio do Planalto com Ramagem e Augusto Heleno — já é analisado pela PGR numa apuração preliminar.

Disse ainda que, se forem encontrados indícios de crimes relacionados à Abin, pedirá um novo inquérito ao STF.

Cabe agora a Alexandre de Moraes, relator do inquérito sobre a interferência na PF, decidir se aceita ou não o pedido de Moro para ampliar a investigação e incluir a Abin no inquérito.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO