Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Aras se opõe à ação da Rede que obriga Bolsonaro a repassar dinheiro a estados e municípios

Aras se opõe à ação da Rede que obriga Bolsonaro a repassar dinheiro a estados e municípios
Foto: Divulgação/MPF

Em manifestação ao STF, o procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu a rejeição de uma ação apresentada pela Rede que obriga o governo federal a enviar dinheiro aos estados e municípios para a compra de vacinas contra a Covid.

Ao defender a alternativa, o partido alega que, devido à lentidão da União para a aquisição de imunizantes, governadores e prefeitos estão negociando a compra de doses por iniciativa própria, mas sem o devido repasse de recursos.

Para Aras, no entanto, não ficou provada a ineficácia do governo.

Na manifestação, o PGR também cita a falta de vacinas no mundo.

“A oferta restrita de insumos e vacinas, noticiada recorrentemente em todo o mundo, inviabiliza imunização mais célere da população, como desejado”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO