ACESSE

Aras se recusa a ouvir críticas e causa bate-boca no Conselho Superior do MPF

Telegram

Augusto Aras recusou-se nesta sexta, 31, a ouvir críticas de subprocuradores a seus ataques às forças-tarefa da Lava Jato durante reunião do Conselho Superior do MPF destinada à discussão do orçamento para 2021.

O PGR afirmou que não aceitaria um “ato político” na sessão e alegou que, após o debate, responderia aos colegas com a “documentação” de que dispunha.

LEIA MAIS na Crusoé.

Leia mais: A 'paz conveniente' reina em Brasília

Comentários

  • ADONIS -

    Aras está com muita dificuldade para explicar o que anda fazendo. Se explicar direitinho vamos entender mas se ele admitir os motivos pode acabar se metendo em encrenca.

  • Magdalena -

    Ta mostrando a que veio. Parabéns Presidente pela escolha a dedo de um petista de carteirinha a serviço dos esquerdistas que vc tanto condenava. Tudo junto e misturado na lama da prostituição politica

  • Ann -

    Aras não tem equilíbrio. Não dialoga e quer ganhar no grito. A fala c os advogados de defesa dos réus é indicativo de q o PGR quebrou o decoro e foi um desrespeito M Público. É lamentável.

Ler 150 comentários