Arenas limpas

Mário Andrada, diretor de comunicação do Comitê Rio-2016, disse há pouco que, sim, os homens da Força Nacional continuarão impedindo cartazes e faixas com dizeres “Fora, Temer” ou algo que o valha.

Vaias, gritos e cantos estão permitidos, claro.

“Em grandes eventos, há essa política para proteger os patrocinadores que investem dinheiro nisso. Na questão dos Jogos, a ideia é de inclusão, de união. A manifestação política divide isso.”

Ele acrescentou: “Queremos arenas limpas”.