ACESSE

Arthur Lira: "DEM tinha Ministério da Saúde, Casa Civil, Agricultura e duas presidências"

Telegram

Em entrevista à CNN, Arthur Lira (PP-AL) afirmou nesta quarta-feira (3) que parte da mídia estava errada ao falar que a aproximação do governo com o Centrão servia para isolar Rodrigo Maia.

Logo depois, o deputado citou os cargos que o DEM havia conseguido no governo, enquanto os demais partidos do Centrão não tinham indicados na Esplanada dos Ministérios.

“Os cargos, é importante que se diga, já existem. Não foi criado um cargo novo na estrutura do governo federal, os partidos já ocupavam –uns sim e outros não. A gente pode citar aqui com muita tranquilidade que o DEM tinha indicado o Ministério da Saúde (Luiz Henrique Mandetta), o Ministério da Casa Civil (Onyx Lorenzoni) e o Ministério da Agricultura (Tereza Cristina). E tinha mais as duas presidências das Casas (Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre). Os outros partidos, não.”

E acrescentou:

“Os partidos de centro sempre estiveram junto, sempre participaram com muita lealdade das pautas que interessam ao governo, e essa imputação simplesmente de toma lá, dá cá é muito injusta.”

Leia também: STF x governo

Comentários

  • Paulo -

    O PROBLEMA DO CENTRAO E SEREM ACUSADOS E SEREM REUS DE ROUBOS, E POR TODOS OS GOVERNOS QUE PASSOU APRONTARM MARACUTAIAS, INDICIADOS, INVESTIGADOS. E PRA ROUBO, E NO FINAL TRAEM SE MERECEM. BRASIL.

  • Silvio -

    70 uma ova. Vão levar uma surra nas urnas, pesquisa falsa é Fake News. Na hora do voto vem o pavor.

  • Antonio -

    "Somos 70%"

Ler 25 comentários