Arthur Lira perde mais apoio

Mais cedo, noticiamos que PSL, PTB e Pros se uniram em um novo bloco parlamentar na Câmara.

O movimento de união entre os três partidos é mais uma derrota para Arthur Lira, o líder do PP que está na disputa pela sucessão de Rodrigo Maia — a eleição interna será em fevereiro do ano que vem. Lira espera contar com o apoio, ainda que indireto, do Palácio do Planalto.

Os três partidos, com 61 deputados, chegaram a fazer parte do “blocão do Lira” no início deste ano, mas, assim como DEM e MDB, por exemplo, pularam fora.

PSL, PTB e Pros tendem a apoiar Elmar Nascimento (DEM) no comando da Comissão Mista de Orçamento, em detrimento de Flávia Arruda (PL), a candidata de Lira para o cargo. Essa disputa pela CMO deve ser resolvida ainda nesta semana.

Leia mais: Combo Crusoé e O Antagonista+: comece a ler por apenas R$ 1,90
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 7 comentários
TOPO