Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“As conclusões são claras, não tem mais o que investigar”

Segundo Omar Aziz, esta será a última semana em que a CPI ouvirá depoimentos sobre as suspeitas que envolvem a Davati
“As conclusões são claras, não tem mais o que investigar”
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Presidente da CPI da Covid, o senador Omar Aziz afirmou neste domingo que esta será a última semana em que a comissão ouvirá depoimentos sobre as suspeitas que envolvem a Davati. 

Em entrevista à CNN Brasil, o parlamentar afirmou que “não tem mais o que falar sobre a Davati”, pois, em sua visão, já está comprovado que o governo de Jair Bolsonarodava preferência para negociar vacina quando beneficiava alguém, quando tinha algum propósito escuso”.

As conclusões são claras, não tem mais o que investigar. A omissão em relação à compra de vacina com qualidade, presteza, como foi o caso do consórcio [Covax Facility] oferecido para o Brasil, a rapidez no contrato no caso da Covaxin, o caso da Davati, o mais esdrúxulo possível.”

Na próxima terça-feira, o coronel Helcio Bruno, do Instituto Força Brasil, será ouvido pelos senadores da CPI. Ele é acusado de intermediar o contato entre o suposto reverendo Amilton de Paula com o Ministério da Saúde, no caso Davati.

Já na quinta-feira, será a vez de o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, prestar depoimento. O deputado foi citado no episódio envolvendo o contrato da Precisa Medicamentos com o Ministério da Saúde para a compra da Covaxin.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....