As declarações de Marinho que irritaram Paulo Guedes

As declarações de Marinho que irritaram Paulo Guedes
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ao chegar ao Ministério da Economia nesta sexta-feira (2), Paulo Guedes reagiu a relatos sobre uma reunião de Rogério Marinho com analistas e economistas em São Paulo, mais cedo.

De acordo com esses relatos —depois negados pela assessoria de sua pasta—, o ministro do Desenvolvimento Regional disse que Guedes é um grande vendedor, muito bom na macroeconomia, mas fraco em questões microeconômicas, como as áreas tributária e previdenciária e a contabilidade pública.

Marinho também teria afirmado que o Renda Brasil vai sair “da melhor maneira ou da pior” —o que foi interpretado pelos presentes, segundo a Folha, como uma disposição do governo de violar a regra do teto de gastos.

E ainda acusou Guedes de ser o responsável pela proposta de usar precatórios e o Fundeb para bancar o programa social, pessimamente recebida pelo mercado.

Em nota, a assessoria do Desenvolvimento Regional negou que Marinho tenha desqualificado “agentes públicos” e disse que a solução do governo para as famílias que dependem de auxílio respeitará as âncoras fiscais.

Leia mais: Diogo Mainardi: e se o Brasil quebrar (de novo)?
Mais lidas
  1. Huck 2026?

  2. Médica de Rondônia ri de intubação de pacientes

  3. Associação de indústrias confirma negociação para importar vacinas

  4. Médico do Corinthians suspeita de casos de reinfecção por Covid-19

  5. Bolsonaro: leite condensado é para 'enfiar no rabo' da imprensa

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 24 comentários
TOPO