As malas suspeitas de Lula

A Veja revela que Lula, em 3 de junho, embarcou para Roma com 12 malas – mas apenas cinco passaram pelo raio x. A Receita Federal tentou vistoriar a aeronave, mas a operação foi abortada pelo delegado da PF que estava de plantão, Luis Pardi.

O agente que denunciou o caso ao MPF diz que Pardi “estranhamente aparentava querer retardar a ação”. Pardi impediu que a bagagem de Lula fosse revistada.

No relato do agente, “o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aparentava estar bastante nervoso, tendo ingressado e se mantido trancado por um tempo na cabine de comando”.

Faça o primeiro comentário