As mensagens roubadas a Dilma

A Crusoé entrevistou Douglas Lopes, que hackeou os e-mails de Dilma Rousseff, em 2011.

A revista lembra o episódio:

“Quando viu a chance de ganhar dinheiro com o que fizera, o hacker procurou adversários da petista. Não deu certo.

Também procurou jornalistas cujas redações não toparam publicar o material por duas razões: primeiro, porque ele queria dinheiro em troca e, segundo, porque os e-mails, por mais que pudessem conter informações de interesse público, haviam sido obtidos de maneira ilegal – uma postura diferente da de agora, em que as mensagens da Lava Jato têm sido publicadas sem maiores ressalvas.”

Leia a entrevista aqui.

Comentários

  • Italo -

    Para este povo do PT o jeitinho e para os outros a lei.

  • Insensível -

    É só mais uma prova da parcialidade dessa extrema-imprensa.

  • Almanakut -

    É só em um país com PODRES nos poderes que uma BANDIDA como essa não apodrece na cadeia.

Ler 44 comentários