As primeiras impressões no Senado ao nome de Kassio Marques

As primeiras impressões no Senado ao nome de Kassio Marques
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Antagonista colheu as primeiras impressões de senadores à possível indicação de Kassio Marques para a vaga de Celso de Mello no STF.

Em se confirmando essa escolha de Jair Bolsonaro, o desembargador terá de ser sabatinado no Senado.

A partir do momento em que a indicação chegar ao Senado, a estimativa é que o processo de sabatina e votação do escolhido pelo presidente dure três semanas, conforme informou ao site a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Simone Tebet.

Leia alguns comentários enviados ao site:

Lasier Martins (Podemos): “Precisamos saber o histórico do desembargador. Deve ser bem conhecido no TRF-1, mas fora daquela jurisdição não é conhecido. O fato de ser um magistrado de segunda instância já é um primeiro bom sinal. Está afeito a processos, diferente de Dias Toffoli e de Alexandre Moraes, que não tiveram vivências como juízes. Aguardemos informações sobre o indicado”.

Major Olimpio (PSL): “Tomara que vá para o STF como juiz da Suprema Corte, e não como advogado de interesses do padrinho e seus aliados. E só isso que se espera de um indicado ao Supremo”.

Randolfe Rodrigues (Rede): “Considerando as apostas e os perfis já cogitados, recebo com surpresa a indicação: trata-se de um magistrado com uma carreira consolidada e respeitável. Espero que tenha uma ótima perfomance na dura sabatina que faremos: o Brasil, por meio da função que compete ao Senado, precisa conhecer melhor a opinião do juiz sobre temas-chave, como o combate à corrupção, a independência das instituições e o respeito às liberdades individuais”.

Jorge Kajuru (Cidadania): “Para mim, é um nome como um jogador desconhecido convocado para a seleção. Tomara que nosso treinador surpreenda e que o indicado seja do centro ético, e não do Centrão, onde tem piauiense chefão”.

Izalci Lucas (PSDB): “Não o conheço”.

Otto Alencar (PSD): “Não conheço o currículo, nem o trabalho do desembargador. Vamos apreciar, estudar. Até porque, até aqui, ele não apareceu no noticiário como alguém do setor jurídico envolvido em questões que foram mais debatidas neste governo. Outros nomes do que eu chamo de ‘circuito judicial nervoso do governo’ eram esperados”.

Alvaro Dias (Podemos): “Surpreendente a escolha”.

Mecias de Jesus (Republicanos): “O nome do desembargador não estava na lista dos possíveis indicados. Para avaliação do Senado, todo e qualquer nome que for enviado deverá ter aptidão técnica e jurídica, com capacidade de articulação e ser respeitado no meio jurídico. Torço e apoiarei qualquer nome que esteja a favor do desenvolvimento do nosso país”.

Leia mais: A PF no rastro do 'gabinete do ódio'
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO