As regalias do banqueiro

A coluna Expresso, da Época, conta que duas advogadas de André Esteves, uma loira e uma morena, desceram do salto e ajudaram a faxinar a cela em que o banqueiro foi preso na carceragem da Polícia Federal no Rio de Janeiro.

Levaram também colchão, roupa de cama, comida e bebida. Mas Esteves, sozinho na cela, não conseguiu dormir direito.