As trincheiras petistas

Fernando Haddad pode chegar a 24% dos votos.

O eleitorado semianalfabeto, porém, tem de descobrir que o poste é o poste.

“Entre eleitores que declaram voto em Lula”, diz a Folha de S. Paulo, “62% escolheriam ‘com certeza’ o candidato apoiado por ele. Se esses eleitores mantiverem sua disposição e receberem a mensagem de que Haddad é o nome lulista, o ex-prefeito poderá atingir 24% dos votos. Ainda que uma parte fique pelo caminho, a conversão seria suficiente para levá-lo ao segundo turno.

Haddad pontua timidamente nas trincheiras petistas, como o Nordeste (5%) e as famílias de baixa renda (3%). Nesses segmentos, porém, estão os maiores percentuais de entrevistados que não sabem quem será o candidato petista —beirando 60%.”

Renan Calheiros: será que ele vai retomar o poder no Senado? Leia aqui
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO