Assassinatos no Rio caem pelo quarto mês seguido

O número de assassinatos no Rio de Janeiro caiu pelo quarto mês consecutivo.

Em novembro, foram registrados 374 assassinatos, contra 455 no mesmo período do ano passado — uma redução de 18%. Em outubro, a queda foi de 22%. Em setembro, de 17%. Em agosto, de 9%.

O dado mais auspicioso foi o da Baixada Fluminense, onde ocorreu uma queda de 36%.

Um delegado disse para O Globo:

“Este é um índice histórico e é resultado de um trabalho de regionalização que iniciamos em março passado, com o início da intervenção federal na segurança.”

 

Este é o assunto desta semana. E da próxima semana. Mas você precisa saber de todos detalhes AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. A esquerda, que torce para a ação dos militares não dar certo, deve estar ruborizada. Pior pra eles é que, ano que vem, militares em âmbito federal estão agindo. Parece que o fluminense criou ve

Ler mais 53 comentários
  1. A esquerda, que torce para a ação dos militares não dar certo, deve estar ruborizada. Pior pra eles é que, ano que vem, militares em âmbito federal estão agindo. Parece que o fluminense criou ve

  2. Que impressionante o trabalho desses comandantes militares! No dia em que eles forem responsáveis pela segurança nas fronteiras brasileira acabará o tráfico de drogas, fuzis e armamentos pesados!

  3. Nossa, que impressionante! esse pessoal deve ser muito competente! os contrabandistas de armas devem estar morrendo de medo de passar com fuzis, drogas e outros armamentos pesados pelas fronteiras.

  4. Cadê a repórter da Globo e o da Falha de SP que criticaram a postura do novo Governador do RJ? Nem tomou posse e já está tendo resultado sua postura correta que os jornalistas chamaram de radical.

  5. Sinto muito, pífia esta redução. Quero ver com a saída dos milhares de soldados. Aí sim, vai ser possível um diagnóstico. Espero que a polícia carioca esteja mais orquestrada e atue em benefí

  6. bandido bom e bandido morto, em um pais que todas as autoridades roubam ,o andar de baixo não vai parar de roubar e matar. povo sofre duas vezes ,sem serviços públicos e assaltos nas ruas.

    1. Que a intervenção deixe o seguinte legado: que seu método, doravante, seja sempre adotado por todas as polícias. Com a palavra, o grupo Globo, Folha, Veja e outras pragas midiáticas.

  7. Olavo de Carvalho diz que a ideia do comunismo é acabar com toda ordem na sociedade, abrindo espaço pra salvador da pátria de tal forma que mesmo quem não concorda tem de aceitar, o salvador tá p

    1. Não é à toa que eles andam de mãos dadas ao islamismo. Comunismo e islamismo são ambos regimes de Satanás. Jesus está à Direita de Deus Pai enquanto Satanás vem pela esquerda a usurpar o Tron

  8. Quem mora no Rio sabe que melhorou um pouco. Falta muito ainda, mas a intervenção realmente atenuou o problema. A população já está apreensiva com o final da intervenção federal …

    1. Maria: E não somente o número de assassinatos continou a cair como o de goiabeiras subiu exponencialmente. E mais de 500 duendes prateados e dragões alaranjados foam em cana…

  9. Vale lembrar que o Bolsonarischer Beobachter chamou a intervenção no Rio de “Golpe de Temer” e “Um fracasso”, e que o seu Fuehrer querido disse que “Não vai funcionar, talquêi?!!!”…

    1. The Terror: “O número de inocentes mortos TERIA caído pela metade” é a forma corteta de escrever o que você tentou dizer. Atente para a concordância verbal e tente não ter um AVC ao fazê-lo.

    2. Com a liberdade do exército poder atirar bem na cabecinha, o número de inocentes mortos teriam caído pela metade seu imbec!l!