Assessor de Chico Rodrigues, Leo Índio recebeu R$ 436 mil do Senado

Assessor de Chico Rodrigues, Leo Índio recebeu R$ 436 mil do Senado
Foto: Reprodução/Instagram

Empregado no gabinete do senador Chico Rodrigues, Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, recebeu 436 mil reais do Senado em um ano e meio, relata a Crusoé.

O primo dos filhos do presidente Bolsonaro trabalha como assessor parlamentar desde abril de 2019, em Brasília.

Leo Índio tomou posse pouco mais de um mês depois de Bolsonaro escolher Chico Rodrigues como vice-líder do governo no Senado.

Ele recebe salário bruto de 22.943,73 reais, e conta mensalmente com um auxílio-alimentação de 982,28 reais. Também recebeu gratificações natalinas.

Leia mais AQUI na Crusoé.

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 56 comentários
TOPO