ACESSE

Associação de jornalismo rebate Alexandre de Moraes

Telegram

A Abraji, Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, divulgou hoje nota em que rebate declarações de Alexandre de Moraes em entrevista a O Globo.

Na entrevista, publicada pelo jornal carioca no domingo, o ministro do STF afirmou que um jornalista que divulgue informação sigilosa está cometendo crime.

“A violação de sigilo judicial só é considerada quando cometida por pessoas que têm acesso legal ao conteúdo protegido e dever funcional de preservá-lo, caso de funcionários públicos e advogados. A partir do momento em que um jornalista tem acesso à informação, ela se torna pública. Não há menção na lei brasileira a qualquer tipo de restrição ao trabalho de um repórter e ao seu dever de informar”, registra a nota da Abraji.

 

 

 

 

 

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 72 comentários