Associação de juízes rebate Witzel

Duas associações de juízes federais emitiram nota conjunta para rebater declarações de Wilson Witzel que desqualificaram a classe.

Na ocasião, o governador do Rio afirmou que  “o juiz federal não tem habilidade para fazer Tribunal do Júri”, e relatou que “colegas me pediam para fazer o júri porque não sabiam”.

“O fato de os crimes da competência do Tribunal do Júri serem menos frequentes no âmbito da Justiça Federal não autoriza o Senhor Governador a tecer semelhantes considerações sobre a qualificação dos juízes federais do Rio de Janeiro”, registra a nota.

E acrescenta: “O princípio do juiz natural impõe a distribuição de processos por sorteio e veda a substituição de juízes por simples pedido, de quem quer que seja. As substituições ocorrem em hipóteses rigorosamente previstas em lei, tais como afastamentos e convocações, não sendo possível que Wilson Witzel, enquanto juiz federal, tenha presidido um júri a pedido de colegas que supostamente não saberiam fazê-lo.”

Assinam a nota a Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) e a Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (AJUFERJES).

Comentários

  • 🔊Lemon -

    Os três podres poderes, qual o pior? Não existe uma orcrim pior ou melhor que outra!

  • PAULO -

    Fica a dúvida, quem terá razão nessa questão ?

  • Giusti -

    Quem está mentindo?

Ler 9 comentários